domingo, 6 de fevereiro de 2011

Construções



Eu construo castelos
e, se assim me apresento,
é a justificar a pouca sorte.
Sim, já os construí diversos,
magníficos, imponentes,
mas, um a um, os vi ruirem 
e me desacreditei aos meus olhos
e aos dos que me conheceram...
Todos ruiram!
Deles sobraram unicamente os alicerces,
porque estes são inabaláveis.
Eu construo castelos,
mas hoje
em pequeníssima quantidade...