terça-feira, 19 de outubro de 2010

Balada para o meu amor perdido


Evoco sons do passado
Proibições, ameaças
e seu riso amado
que me fazia quebrar todas as regras.

Nosso amor estranhava 
pela pureza
e, ambos, fomos machucados
pela rejeição que nos cercava...

Mas eu e você
éramos tão felizes
em meio ao caos!
E ríamos de tudo,
e ríamos de todos...

Ninguém nos consolou
Mas eu tinha você
e era sua
contra o mundo.

A separação aconteceu
sem que o amor se rompesse
e, hoje, você vive em mim
e aconteço nos seus pensamentos.

Vidas distanciadas,
Amor intacto...
Eu poderia recomeçar
tudo neste instante
e ser feliz de novo
e fazê-lo feliz
como queríamos...