quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Eu fugitivo


Quando precisei de mim
não me vi.
Parti a minha procura,
mas já me distanciara demais.
Tentei fazer de ti meu eu fugitivo,
mas tu te perdeste no rodopio,
pois tua fraqueza era maior que a minha...
Sorri de mim mesma
e me julguei profunda, forte,
mas não pude me divisar
nunca mais...